quarta-feira, 25 de março de 2009

À Segundona no ano promissor

Confirmado ontem, pelos 3 a 1 do Veranópolis sobre os pelotenses, o rebaixamento matemático do Brasil de Pelotas para a Segundona Gaúcha de 2010. Pessoas comentam hoje que era esperado, que não poderia ser de outra forma, que a estratégia de jogar o campeonato desde o princípio tinha esse fim óbvio. Mentem.

A possibilidade de o Brasil descender à divisão inferior, surgida na tragédia em janeiro, foi apagada nas primeiras partidas do Xavante. Ressurgiu só depois que a realidade provou que as vitórias não viriam tão facilmente. Quando o time estreou, numa partida de atmosfera anormal e inesquecível, parecia ser capaz de tudo. Aquela torcida fantástica superlotava o Bento Freitas e berrava que acreditava, que apoiaria sempre. Os neutros também acreditávamos.

Foi espetacular, a primeira partida. Naquela terça-feira de início de fevereiro o adversário Santa Cruz ainda merecia ser colocado entre os melhores times do interior no momento, saiu na frente com gol em falha de Danrlei, e então começou a ser derrubado com violência avassaladora. Antes do intervalo, três gols viraram a partida para o Brasil. Um minuto antes do intervalo, porém, o segundo tento de Eraldo naquela noite manteve o Galo vivo. No segundo tempo, acabaram-se as pernas, veio o empate por 3 a 3.

A tabela homicida imposta aos de Pelotas foi destruindo as perspectivas boas. Claudio Duarte modificava pouco uma equipe que jogava a cada dois dias e precisava viajar pelo estado, exausta; Danrlei soltava bolas fáceis nos pés dos atacantes adversários, entregando gols, gols e gols que transformaram sua defesa na mais vazada de todo o Gauchão; na linha, o bom Magno, destaque desde o início do campeonato, curtia solito uma criatividade que ninguém mais tinha. Ali renasceu a expectativa de rebaixamento.

Mas o pior foi o fim da raça. Falem o que quiserem – o Brasil, em determinado momento, conformou-se com a sua condição de estamos-participando-e-só-isso-é-suficiente e desistiu de qualquer luta ou entrega. Pelo fim do primeiro turno, o espírito de luta já estava reduzido a algo como os jogadores do General Lamadrid fizeram no sábado. Para quem esteve em Marte, os atletas do Lama, sendo derrotados por 3 a 0 pelo Barracas Bolívar em jogo pela quarta divisão argentina, viram seus torcedores apanharem – então ESCALARAM os alambrados, INVADIRAM as tribunas e BATERAM nos hinchas rivais, em episódio que rendeu a expulsão de todos os DEZOITO atletas relacionados para a partida.

Em notícia no seu site oficial, o Lamadrid declarou: “En cualquier caso está mal que los jugadores accedan a la tribuna a tomar parte en una pelea. PERO EN LA LEY DE LA SELVA ESTO VALE.” Foi a lei da selva que o Brasil de Pelotas respeitou naquela última partida do primeiro turno, contra a Ulbra em casa, quando se arrastava em campo, era goleado por 2 a 5 e seus jogadores, furiosos, iniciaram uma batalha após a polêmica comemoração do último gol canoense por Rogério Pereira. Mesmo no segundo turno, descansado, mesmo contra o Inter-SM, que na abertura do returno era concorrente direto para não cair, os xavantes caminhavam sobre o gramado.

O Brasil poderia ter aberto mão de disputar o Gauchão sem cair, mas entrou na competição provavelmente por necessidades financeiras. E com confiança num não-rebaixamento. Começou animador, declinou com o passar das rodadas, atingiu o ponto mais baixo há duas semanas, com a derrota por 0 a 7 diante do Internacional (que só goleia no returno e já tem 22 gols em 5 jogos), em casa, e caiu ontem. Uma lástima que tenha sido assim, num ano que tinha tudo para ser bom e virou desgraçado. A nova Série C brasileira, próxima obrigação do clube, é um mistério e poderá acabar em mais dor. Mas a Segundona, contrariando seu histórico de imprevisibilidades, já tem para 2010 o maior favorito ao título em muitos anos.

5 comentários:

Ariel disse...

Oi Mauricio, excelente artigo.

Eu estou de acordo con tua opinão a respeito do que foi Gauchão 2009 para o Brasil de Pelotas.

Me sento muito triste por os jogadores e os torcedores, porque acho que o time merecia salvarse do rebaixamento após tanto sofrimento.

Eu não tem dúvidas de que Brasil lutará para voltar a Primeira Divisão para o 2011, mas este será um duro golpe para as finanzas do clube.

A disputa da Série C é un mistério total, porque o campeonato será curto e em mal oito jogos o time deverá mostrar que está recuperado de todo o que viveu. Não será facil, mas o coração do time e muito grande.


Eu estou muito supreendido de que você conhece tão bem o que ocorre no futebol argentino. Você deverá ser torcedor do Quilmes :-)

CALIGULA disse...

Volverá a primera division?

Un saludo de Buenos Aires.

LA PELOTA NO DOBLA 2 AÑOS!!!

Anônimo disse...

Bonjour I'd love to congratulate you for such a terrific quality site!
Just thought this would be a perfect way to make my first post!

Sincerely,
Monte Phil
if you're ever bored check out my site!
[url=http://www.partyopedia.com/articles/21st-birthday-party-supplies.html]21st Birthday Party Supplies[/url].

Anônimo disse...

Hi There I'd like to congratulate you for such a terrific quality forum!
Just thought this is a nice way to introduce myself!
The best way compile capital it is usually a sensible conclusion to start a savings or investing system as early in life as imaginable. But don't despair if you have not thought of saving your capital until later on in life. With honest work, that is reading up on the best investment vehicles for your capital you can slowly but surely increase your funds so that it measures to a big sum by the time you wish to retire. Watch all of the accessible asset classes from stocks to real estate as investments for your money. A knowledgeable and diversified portfolio of investments in a wide range of asset classes may help your money develop through the years.

-Kelly Figura
[url=http://urwealthy.com]currency conversion [/url]

Anônimo disse...

Phentermine resin became available in the United States in 1959 and Phentermine Hydrochloride in the early 1970s.
[url=http://www.buyphentermine1.com]phentermine[/url]

The combination of Phentermine and Prozac is considered an "off-label" use, meaning that the FDA, who often voice concerns regarding the mixing/combining of medications, does not approve it. However, once the agency has approved a drug, doctors may prescribe it at will.

[url=http://www.buyphentermine1.com][img]http://www.phentermine.com/images/logo.jpg[/img]buy phentermine[/url] buy phentermine http://www.buyphentermine1.com
[url=http://www.norxbuy.com/acyclovir.php]buy acyclovir[/url] [url=http://www.norxbuy.com/carisoprodol.php]buy carisoprodol[/url] [url=http://www.norxbuy.com/cialis.php]cheap cialis[/url] [url=http://www.norxbuy.com/fioricet.php]buy fioricet[/url] [url=http://www.norxbuy.com/levitra.php]levitra[/url] [url=http://www.norxbuy.com/lipitor.php]cheap lipitor[/url] [url=http://www.norxbuy.com/paxil.php]paxil[/url] [url=http://www.norxbuy.com/prozac.php]prozac[/url] [url=http://www.norxbuy.com/viagra.php]viagra[/url] [url=http://www.norxbuy.com/soma.php]cheap soma[/url] [url=http://www.norxbuy.com/xenical.php]cheap xenical[/url] [url=http://www.norxbuy.com/tramadol.php]tramadol[/url]
http://www.norxbuy.com/xenical.php http://www.norxbuy.com/soma.php http://www.norxbuy.com/levitra.php http://www.norxbuy.com/viagra.php http://www.norxbuy.com/prozac.php http://www.norxbuy.com/paxil.php http://www.norxbuy.com/lipitor.php http://www.norxbuy.com/fioricet.php http://www.norxbuy.com/xenical.php http://www.norxbuy.com/tramadol.php http://www.norxbuy.com/cialis.php http://www.norxbuy.com/carisoprodol.php http://www.norxbuy.com/acyclovir.php
Most people take the drug for 3-6 weeks; the length of treatment depends on how you respond to phentermine. Phentermine can be habit-forming. Do not take a larger dose, take it more often, or for a longer period than your doctor tells you to.

To prevent side effects, phentermine should be taken with meals. If you are taking an extended-release (long-acting) product, do not chew or crush the tablet. There are some tablets that can be crushed and mixed with food.