sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Rempel acumula funções e o Inter sofre

SANTA TEREZINHA BEACH - A derrota para o São Luiz, recentemente acompanhada pelo Brum aqui no futebesteirol, provocou pesadas consequências na Baixada de Santa Maria. Carlos Rempel, presidente do Inter-SM, manteve o técnico Abel Ribeiro no comando do coloradinho apesar do desânimo causado pela sequência de resultados ruins.

A decisão gerou grande descontentamento no restante da diretoria, causando inclusive o afastamento do vice-presidente de futebol, Vilmar Tâmara, e de outros dois diretores. Eles defendiam a saída de Abel e o retorno de Paulo Porto, técnico de exitosa passagem pelo Inter em 2008.

Rempel, na ausência de Tâmara, passa também a ocupar a função de vice de futebol. A diretoria colorada já sofria contestações pelo alto valor dos ingressos no Presidente Vargas – que foram mantidos após a partida contra o Grêmio – e pela contratação de reforços que até agora pouco acrescentaram. Ao acumular cargos, o presidente torna-se o principal alvo de uma torcida descontente com as atuações que sugerem um perigoso flerte com a segunda divisão – já na segunda temporada após o acesso.

Para quem acreditava que uma derrota diante da Ulbra¹, o próximo adversário do Inter-SM, causaria enfim a troca do treinador, Rempel garantiu que Ribeiro prosseguirá mandando na casamata até, no mínimo, o fim do primeiro turno. A multa recisória seria alta o suficiente para ameaçar os parcos recursos do rubro santamariense. O Gauchão 2009 inicia assustando o torcedor que viveu uma campanha memorável como a do ano passado.

¹ Confronto com possibilidade de ser acompanhado in loco pelo blog.

4 comentários:

Iuri Müller disse...

QUE PORRA É ESSA!?

mentira, gostei. visual levemente mais sério.

Diego disse...

Se não gostou morra, assaz ficou divertido.

Alias, quer ajudar a comprar o Blog do pirralho? Aceitamos doações em doces.

Rodrigo Bender disse...

Que droga, não fui em nenhum jogo na baixada em 2009 ainda. Ah, e tenho algumas balas 7 belo em casa, se puder ajudar.

Rodrigo Bender disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.