segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Não dá para entender...

Hoje vou comentar uma notícia um pouco antiga, que os mais desavisados talvez não tenham notado.

Primeiramente já declaro: na Toyota Libertadores deste ano serei Sport. Não é naquela moda de torcer para o mais fraco, e sim porque não tenho nenhuma simpatia por Grêmio, Palmeiras e São Paulo. E o Cruzeiro não me empolga muito, acho um time com pouca vibração. Além disso, uma boa campanha do Sport ajudaria a desenvolver o futebol do nordeste.

Mas infelizmente o Sport vem pior em 2009 do que terminou 2008. E essa perda é muito suspeita. Carlinhos Bala saiu do leão, onde era peça fundamental e iria disputar a maior competição do continente rumo ao rival Naútico, que sempre briga para não cair...

O que estranhei é que, além do destino, pois o normal seria ir então para o Cruzeiro ou Botafogo, a justificativa foi que o timbu ofereceu mais dinheiro. Pois é. Isso que por estar na Toyota Libertadores o Sport adiciona um bom ganho às suas receitas e Bala não passa necessidade para abrir mão de jogar a competição.

Só torço que o leão se reforce mais além de Hamilton e Paulo Baier, com uma bala a menos, domar a América.

2 comentários:

Guilherme disse...

Carlinhos "O Profeta" Bala teve problema com Nelsinho no final do Campeonato. Ficava reclamando quando era substituido (foi substituido diversas vezes!) e caiu muito de rendimento.

Nelsinho não queria ele mais no Sport.

Outra coisa que irritou foi o pedido de sálario dele, na verdade os dois atacantes Carlinhos Bala e Roger (é do São Paulo e vai jogar o Flu) pediram sálario bem altos (100 mil reais).

Sport queria Felipe do Naútico, que acabou indo pro Goias. Naútico levou Bala (e vai levar Jadilson também) e trouxe Somália.

Agora estamos sem atacantes :)

Guillermo disse...

A saber que a competição, desde o ano passado, se chama Santander Libertadores.

DÁ-LHE GRÊMIO!!!