segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Puntero!

Nem Boca, nem River, nem Independiente. O líder do Apertura da Argentina é o esforçado Lanús, um quadro em notável evolução - os resultados estão aí para provar. A partida de sexta, diante do San Martín incendiou o campeonato. Contando com os tropeços de Independiente (1-2 San Lorenzo) e Boca (1-1 com o Estudiantes) a equipe do Sul venceu e alcançou o topo, faltando cinco rodadas para o fim do Apertura, para não largar mais.

Com forte presença na Copa Sulamericana, os sonhos agora voam mais longe: Copa Libertadores e títulos nacionais. Ramón Cabrero deu consistência a equipe, e não descarta o sofrimento. O Lanús treina até mesmo um dia depois da partida, sem folga, sem mordomia. O pensamento consciente é fruto do (até agora) eterno secundarismo diante dos grandes.

3 comentários:

Anônimo disse...

lanús,
o rampla júniors argentino

Victor Hugo Antinossi disse...

Legal que na Argentina é como no Campeonato Brasileiro. Sempre o nacional começa e nunca podemos apontar aquele que vai disparar e será campeão. Em muitos torneios europeus apontamos dias antes de começar e não tem como errar!

Depois dizem que os torneios nacionais da Europa são os mais competitivos. É duro!

Daniel D. Nunes disse...

Iuri,parabéns pelo Blog.É gaúcho,não apenas de Santa Maria.O Lanús surpreende,como o Rampla Juniors.Já ano passado os grandes colombianos se lascaram no Campeonato local.Sobre 1 dos maiores Gre-Nais da história,o da Final do Gauchão de 1977,eu vi o vídeo que vocês postaram no YouTube e trouxe para minha comunidade no Orkut.A idéia é trazer,se não todos,alguns jogos históricos do Grêmio,Finais ou não.Não percam o ritmo e parabéns ao torcedores do Inter-SM que fazem o Blog pelo acesso.