segunda-feira, 23 de julho de 2007

Aprendam com eles!

Chega de fiasco. Os guris da sub-20 deram uma aula de como não amarelar em finais.

Sem ganhar nada há anos, o futebol argentino vem tendo suspiros de glórias apenas no futebol de seus clubes vitoriosos e nas seleções de base. Mostrando mais sangue frio (e bem mais futebol na final) a sub-20 portenha deu uma aula de como disputar uma partida decisiva a seus compratriotas mais experientes. Com atuações monumentais de 'Kun' Aguero durante todo o campeonato, a Argentina era favorita - fato que resultou em calafrios por todo o país.

A República Tcheca pareciar querer contribuir para a fama amarelona do seu adversário. Os tchecos partiram com tudo para cima logo no início, e tanta pressão demorou para ser efetiva: Fenin marcou um golaço aos quinze do segundo tempo, girando em cima da marcação e batendo forte. Dois minutos depois da comemoração, Aguero veio a mostrar seu cartão de visitas: mais um gol importante do jovem atacante do Atlético de Madrid. O empate durava e os times já pareciam se preparar para prorrogação e penaltis quando aos quarenta e um minutos da segunda etapa a maior promessa do Velez Sarsfield mandou a taça para Buenos Aires - Mauro Zárarte e seu petardo da entrada da grande área firmoaram o título.

Em um jogo bastante pegado (dez cartões amarelos), o toque de bola envolvente marcou o jogo argentino - mas a raça das antigas conquistas esteve em campo, e finalmente devolveu o orgulho para uma 'hinchada' carente de conquistas internacionais. O Chile venceu a Áustria na decisão do terceiro lugar e deixou o pódio mais latino-americano.

Um comentário:

papoo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=2YrMh3dNh10

xD JAJA